Virtual CloneDrive

Hoje em dia as imagens de disco são bastante utilizadas na internet, inclusive alguns dos meus tutoriais em algum momento utilizam uma imagem de disco, onde você precisa gravar a imagem e depois utilizar o sistema em questão, como por exemplo o tutorial do Ubuntu.
Agora imagine que nesse momento você está sem uma mídia física para gravar o arquivo, ou mesmo com um gravador com problemas, podemos então recorrer ao Virtual CloneDrive, um programa gratuito e simples de usar, ele basicamente cria um "drive virtual" e monta a imagem de disco como se fosse um leitor real.

O Virtual CloneDrive da suporte aos principais formatos de imagem, como: ISO, BIN, IMG, UDF, CCD e etc.

Para baixar o programa basta entrar no site do desenvolvedor nesse link: http://www.slysoft.com/pt/download.html


Instalação


Vamos agora para o processo de instalação, que é muito simples.

Basicamente a unica configuração é na tela abaixo:


Selecione os arquivos que deseja associar ao Virtual CloneDrive e clique em "Next" e depois em "Install".

Caso você seja questionado sobre a instalação de um "drive" clique em "Sim" ou "Continuar assim mesmo", esse drive é essencial para o funcionamento do programa.

Pronto, o programa está instalado, é recomendado pelo desenvolvedor reiniciar o computador após a instalação.

Configurando

Clicando com o botão direito no ícone do programa que fica na bandeja do sistema (próximo ao relógio) temos algumas opções.


Em "Settings..." (mesmo efeito do duplo clique) temos acesso as configurações do programa.

Em "Drive (Letra):" temos acesso as opções do drive virtual que está no sistema (Até 15 drives podem ser incluídos).



Vamos ver as opções de "Settings":

Guia "Settings":
Number of Drivers: Escolhe o numero de drives para o sistema.

Virtual Sheep: Quando um disco está vazio, ele fica com o desenho de uma ovelha.

Keep History of recently mounted images: Mantém um histórico das imagens montadas.

Automount last Image: Monta automaticamente uma imagem utilizada antes de reiniciar o computador.

Show Tray Icon: Mostra o ícone da bandeja.

Eject unmounts image file: Quando você usa o menu de contexto do Explorer para ejetar uma disco, ele continua montado, portanto o arquivo continua "preso" ao sistema, ao marcar a opção, ao utilizar o ejetar do sistema, o arquivo também é desmontado.


Bufferd I/O: Recomendo não utilizar, caso esteja curioso sobre o que é, veja uma discussão no forum oficial (em inglês): http://forum.slysoft.com/showthread.php?t=33692&highlight=buffered+I%2Fo


A guia "Language" permite mudar o idioma do programa.


A guia "Info" mostra informações sobre versão, desenvolvedores e tradutores.

Utilizando

Para montar uma imagem, basta clicar duas vezes no arquivo (caso tenha associado o arquivo no começo do tutorial):



clicar com o botão direito e escolher a opção "mount (Virtual CloneDrive (Letra):"


Outra forma de montar, é clicar com o botão direito no ícone da bandeja e depois escolher o drive a ser montado e em seguida usar a opção "Mount...", basta escolha o arquivo.



Nesse exemplo montei o arquivo do sistema Redo Backup and Recovery, vejam o resultado:




Esse foi o tutorial sobre o Virtual CloneDrive.
Espero que tenha aproveitado, dúvidas, comentários, sugestões, etc, entre na página de contato aqui.
Para receber as novidades do site clique aqui e escolha a melhor forma.




Paulo Roberto - 07-08-2011