Recuva

Para que serve?
O Recuva é um programa para recuperação de arquivos apagados, esse tutorial tem o objetivo de mostrar como efetuar o procedimento de recuperação e aumentar as chances de sucesso.


Importante

Pergunta: Deletei um arquivo acidentalmente, devo baixar e instalar o Recuva?
Resposta: NÃO!

Após deletar um arquivo, o recomendado é parar de utilizar o computador imediatamente, por outra maquina baixe o Recuva portátil e coloque em dispositivo de armazenamento (pendrive, HD externo, etc), e então apenas rode o programa,

caso você tenha experiencia com manutenção de computadores, desligue o computador, retire o disco que contém os dados a serem recuperados, insira esse disco em outro computador e rode o programa.

Continuar a utilizar o computador, diminui as chances do arquivo apagado ser sobrescrito no disco, resultando em uma recuperação falha.


Baixar e instalar
O programa tem uma versão gratuita que pode ser baixada através desse link: http://www.piriform.com/recuva
Há também uma versão portátil nesse link: http://www.piriform.com/recuva/builds

A instalação do programa é simples, portanto não vou detalhar o processo que segue o padrão avançar, avançar, concluir.



Utilização
Observação: Pode ser necessário privilégios administrativos para abrir o aplicativo

Após abrir o programa, um assistente será aberto automaticamente, você tem a opção de pular o assistente quando o programa é aberto, para isso basta marcar o item "Não mostrar este Assistente na inicialização.


Caso queira sair do assistente basta clicar em "Cancelar", isso abrira a interface avançada (detalhada adiante).

Clicando em "Avançar", podemos escolher o tipo de arquivos a ser restaurado, caso esteja em dúvida, clique em "Outros",



Agora selecione o local que o programa vai pesquisar os arquivos apagados,
caso tenha retirado o disco para recuperar em um computador separado, selecione a opção "Em um local especifico", e então selecione a unidade/pasta onde os arquivos estavam:


Clique em "Iniciar", a opção "Ativar verificação profunda" aumenta as chances do arquivos ser localizado pelo Recuva (isso não quer dizer recuperado), ou seja, caso o arquivos não seja listado de inicio, você terá a oportunidade de fazer uma nova busca com a verificação profunda, lembrando que esse recurso também aumenta o tempo de busca.



Agora basta aguardar,




Caso o aplicativo não encontre arquivos no local indicado, será exibido essa janela:


Clique em sim para a busca com a verificação profunda


Aqui o resultado:

A bola colorida indica o estado do arquivo, sendo que:
  • Verde: Arquivo com grande chance de ser recuperado
  • Amarelo: Arquivo com alguns clusters sobrescritos, pode ser recuperado mas com problemas.
  • Vermelho: Diversos ou todos os clusters sobrescritos, não pode ser recuperado, em caso de tentativa poderá estar corrompido.

Caso seja o arquivo que você perdeu, basta selecionar e clicar em "Recuperar...",
O programa irá solicitar o local para gravar o arquivo, dou mais detalhes em seguida,

Interface avançada

Clicando no botão "Trocar para o modo avançado" a seguinte tela é exibida:



Agora temos um pouco mais de detalhes, como o painel a esquerda que mostra informações sobre possíveis clusters sobrescritos, tamanho do arquivo, etc.


Clicando com o botão direito no arquivo você tem algumas opções:

Dentre elas destaco a "Remoção Segura Realçada/Marcada", onde você pode apagar um arquivo definitivamente, sobrescrevendo o arquivo no disco, se necessário várias vezes.


Restaurando

Após efetuar a busca, selecione os arquivos desejados, clique em "Recuperar"


Importante
Nesse momento é solicitado um local para gravar o arquivo recuperado, selecione uma unidade diferente da unidade que o arquivo foi apagado, se possível um outro HD, um pendrive, etc.
Tentar gravar o arquivo na mesma unidade, pode fazer com que os arquivos a serem recuperados sobrescrevam os arquivos originais apagados, inutilizando a recuperação.

Caso você tente recuperar o arquivo na mesma unidade, o Recuva vai te mostrar um aviso:


Clique em Não e escolha uma outra unidade, caso queira recuperar na mesma unidade, ou não tenha outra disponível, as suas chances de recuperação cairão bastante...


Depois de recuperar os arquivos apagados, abra-os e verifique se a recuperação recuperou os dados corretamente.


Opções
Na interface avançada, clicando em opções, você pode modificar os seguintes itens:


Liguagem
Modo de exibição
Assistente de inicialização

na  seção "Avançado" você pode escolher:
Se o programa vai verificar automaticamente por atualizações
Se as configurações serão salvas em um arquivo INI, mais informações aqui (em inglês): http://www.piriform.com/docs/recuva/advanced-usage/advanced-usage-scripting-with-recuvas-ini-file

Remoção segura: Numero de vezes que o programa vai sobrescrever o arquivo e o método utilizado.


Mais opções na guia "Ações":


As opções são auto explicativas, dou destaque para a opção "Restaurar a estrutura da pasta",
imagine que os seguintes arquivos foram apagados:
C:\arquivos\imagem.jpg
C:\texto.txt
C:\users\conectadores\desktop\arquivo.doc

Sem marcar a opção, e recuperando os arquivos na pasta D:\recuperados, teríamos os arquivos da seguinte forma:
D:\recuperados\imagem.jpg
D:\recuperados\texto.txt
D:\recuperados\arquivo.doc

Com a opção selecionada, enviado os arquivos recuperados para a pasta D:\recuperados, o resultado seria esse:
D:\recuperados\arquivos\imagem.jpg
D:\recuperados\texto.txt
D:\recuperados\users\conectadores\desktop\arquivo.doc

Esse ultimo resultado poderia te ajudar a voltar os itens para suas pastas originais depois da recuperação.



Dicas:
  • Tenha a versão portátil do aplicativo em um pendrive / HD externo.
  • Se necessário deixe o Recuva instalado no seu computador, mesmo que você ainda não tenha precisado, imprevistos acontecem
  • Para de utilizar o computador imediatamente se um arquivo for apagado acidentalmente.
  • Não há 100% de garantia de uma recuperação, a recuperação bem sucedida depende de vários fatores.
  • Não espere um acidente acontecer, faça backup dos seus arquivos regularmente, de uma olhada em alguns tutoriais que poderão te ajudar nos backups: Comodo Backup e Redo Backup and Recovery.
  • Você pode fazer backup simplesmente gravando seus dados em disco, para isso use o InfraRecorder.

Espero que com esse tutorial você consiga recuperar seus arquivos de imprevistos.


Até mais.




Paulo Roberto - 24/08/2012